downeyefacebookfilterheartinfo-barsinfo-cardinfo-packageinstagrammailmenunextprevioussendtelephonetwitterwhatsappyoutubearrow-bottomarrow-leftarrow-rightboy-facebublecall-answerclosecommentscorrectcredit-carddelivery-truckgirl-facemeasuring-tapemessagenewsrefreshsearchshopping-bagtagtruckuser

DESIGUALDADE & CAMINHOS PARA UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA

DESIGUALDADE & CAMINHOS PARA UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA
Passe o mouse e veja detalhes

Por:
R$ 39,90

ou 1x de R$ 39,90 Sem juros
Outras formas de pagamento
Selecione a quantidade
/ 3
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete
Simulador de Frete
- Calcular frete

DESIGUALDADE & CAMINHOS PARA UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA - Civilizacao Brasileira Record

Em Desigualdade, o ex-banqueiro Eduardo Moreira – que vem sendo citado por ícones das esquerdas brasileiras como Luiza Erundina, Fernando Haddad, Guilherme Boulos e Ciro Gomes –, defende que a principal causa da crise no país é a alta concentração de riqueza nas mãos de poucos.
O autor apresenta conceitos de economia de maneira didática, demonstrando como funciona a dinâmica capitalista em que estamos inseridos. Aqui, leitores e leitoras podem acessar informações sobre fatos da economia que têm efeito direto na vida cotidiana e são constantemente alvo de manipulação discursiva pelos donos do poder.
Alguns exemplos: o que significa dizer que uma das funções do Estado é redistribuir a riqueza gerada pela sociedade? Por que é importante que as riquezas circulem entre os membros de um grupo? A quem interessa o Estado mínimo? Ou ainda: por que as privatizações beneficiam majoritariamente banqueiros e investidores? Como a desnecessária reforma da previdência tornará ainda mais precária a vida dos trabalhadores? E, principalmente, como e por que o desenvolvimento de uma cultura de solidariedade e reciprocidade, em que o bem-estar de todas as pessoas seja mais importante do que o lucro desmedido, pode tornar o Brasil um país ainda mais rico?
Eduardo Moreira também apresenta um importante relato de sua experiência em acampamentos e assentamentos do MST, um dos movimentos sociais mais demonizados pelos ricos de nosso país. Ao contrário do que a elite conservadora gostaria de revelar, os trabalhadores sem-terra desenvolveram uma economia cuja base é similar à dos países nórdicos, que têm alto índice de desenvolvimento humano. Seu pilar é o cuidado com cada membro da comunidade, o respeito pela diversidade e a construção de direitos coletivos, em vez do aumento do lucro a qualquer custo.
O prefácio é assinado pelo sociólogo Jessé Souza, autor de A elite do atraso, e o posfácio do renomado advogado tributarista Márcio Calvet Neves.



Código de Barras: 9788520013939
Dimensões(cm): 21.00 x 14.00 x 0.70 (A x L x P)
Peso Liquido(gr): 150


Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Formato: Papel

Produtos Visitados

Faber
Otima
Lubi
Cicero
Umbra
Tilibra
Fina ideia
Stabilo
Uatt