downeyefacebookfilterheartinfo-barsinfo-cardinfo-packageinstagrammailmenunextprevioussendtelephonetwitterwhatsappyoutubearrow-bottomarrow-leftarrow-rightboy-facebublecall-answerclosecommentscorrectcredit-carddelivery-truckgirl-facemeasuring-tapemessagenewsrefreshsearchshopping-bagtagtruckuser

POEMA SUJO

POEMA SUJO
Passe o mouse e veja detalhes
Outras formas de pagamento
Selecione a quantidade
/ 1
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete
Simulador de Frete
- Calcular frete

POEMA SUJO - Companhia Das Letras

Publicado originalmente em 1976, Poema sujo transformou a paisagem da poesia brasileira com sua torrente arrebatadora de versos, expressão máxima de uma subjetividade convulsa pela atmosfera sufocante da ditadura. O poema foi escrito na Argentina, onde o autor se encontrava exilado. “Sentia-me dentro de um cerco que se fechava. Decidi, então, escrever um poema que fosse o meu testemunho final, antes que me calassem para sempre”, escreveu Gullar. “Imaginei que poderia vomitar, em escrita automática, sem ordem discursiva, a massa da experiência vivida - lançar o passado em golfadas sobre o papel e, a partir desse magma, construir o poema que encerraria a minha aventura biográfica e literária.” Quarenta anos depois, o poema continua atual como nunca.

Código de Barras: 9788535927672
Dimensões(cm): 21.00 x 15.00 x 1.00 (A x L x P)
Peso Liquido(gr): 140


Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Formato: Papel

Produtos Visitados

Faber
Otima
Lubi
Cicero
Umbra
Tilibra
Fina ideia
Stabilo
Uatt